Criar o modelo de objeto

O que você vai fazer

  • Adicionar campos ao objeto personalizado da estação de batalha.
  • Criar um objeto personalizado de recurso e seus respectivos campos.
  • Criar um objeto personalizado de suprimentos e seus respectivos campos.

Visão geral de objetos

A Salesforce Platform oferece um potente banco de dados com muitos recursos que tornam a criação de aplicativos mais rápida e fácil. Diferentemente de planilhas ou bancos de dados relacionais, que armazenam dados em linhas e colunas, a Salesforce Platform usa objetos para armazenar dados. Os objetos contêm todas as funcionalidades que você espera de uma planilha ou um banco de dados, com ainda mais aperfeiçoamentos que os tornam mais poderosos e versáteis. Cada objeto comporta certo número de campos, que correspondem às colunas de uma planilha ou banco de dados. Os dados são armazenados em registros do objeto, que correspondem às linhas.

Existem dois tipos de objeto:

  • Objetos padrão – São objetos incluídos no Salesforce por padrão, por exemplo, os objetos usados para armazenar dados em guias padrão tais como contas, contatos ou oportunidades. Então, se algum dia você quiser alugar sua estação de batalha, a funcionalidade de CRM já está lá.
  • Objetos personalizados – São objetos novos que você cria para armazenar informações exclusivas de seu aplicativo. Os objetos personalizados estendem a funcionalidade fornecida por objetos padrão. Para nosso aplicativo de construção de estação de batalha, usaremos apenas objetos personalizados.

Se você quiser saber mais sobre objetos, campos, relacionamentos e outras coisas incríveis, confira nosso módulo de modelagem de dados após este projeto.

Modelo de dados

Nosso aplicativo usará três objetos personalizados:

  1. Battle Station (Estação de batalha) – Este será nosso objeto principal que rastreia o status do projeto, seus suprimentos e recursos.
  2. Resource (Recurso) – Nos projetos, fazemos “coisas”, e você precisa de recursos (ou seja, pessoas) para fazer as “coisas”. Usaremos o objeto personalizado de recurso para rastrear o número de pessoas trabalhando no projeto de construção e quanto tempo elas vão dedicar a isso.
  3. Supply (Suprimentos) – Você também precisa de suprimentos e equipamentos para construir uma estação de batalha. Usaremos esse objeto para rastrear nossos suprimentos e seus custos.

Se você gosta de diagramas de ERD (e, sinceramente, quem não gosta?), é assim que fica nosso relacionamento de objeto. Vamos criar esses objetos agora.

Diagrama de ERD usado para exibir esses três objetos relacionados: estação de batalha, recursos e suprimentos.

Objeto personalizado de estação de batalha

Na etapa anterior, criamos nosso objeto personalizado de estação de batalha. Agora precisamos criar campos personalizados para esse objeto.

  1. Clique em Ícone de engrenagem e selecione Setup (Configuração). A Configuração é iniciada em uma nova guia.
  2. Clique na guia Object Manager (Gerenciador de objetos) ao lado de Home (Início).
  3. Selecione Battle Station (Estação de batalha).
  4. Selecione Fields & Relationships (Campos e relacionamentos) na navegação da esquerda e clique em New (Novo).

Agora estamos prontos para criar um campo personalizado. Vamos lá!

Passo 1: adicionar um campo de status do projeto

Ao gerenciar um projeto, uma das principais métricas é o status. Nada é pior do que seu chefe perguntar como o projeto está indo e você não saber. Isso deixa o dia muito sombrio. Você criará um campo de lista de opções para que os usuários possam escolher a partir de uma lista predefinida de status disponíveis.

Crie o campo Project Status (Status do projeto) da forma indicada abaixo:

  1. Em Tipo de dados, selecione Picklist (Lista de opções) e clique em Next (Avançar).
  2. Preencha os detalhes do campo personalizado:
    • Rótulo do campo: Status do projeto
    • Marque o botão de opções ao lado de Enter values, with each value separated by a new line (Inserir valores, com cada valor separado por uma nova linha).
    • Insira os valores a seguir para a lista de opções (um por linha):
      • Green (Verde)
      • Yellow (Amarelo)
      • Red (Vermelho)
      • Concluir
    • Display values alphabetically, not in the order entered (Exibir os valores em ordem alfabética, não na ordem inserida) – Não selecionado.
    • Use first value as default value (Usar primeiro valor como valor padrão) – Selecionado.
    • Desmarque a caixa Restrict picklist to the values defined in the value set (Restringir lista de opções aos valores definidos no conjunto de valor).
  3. Mantenha os padrões dos campos restantes e clique em Next (Avançar).
  4. Clique em Next (Avançar) novamente para aceitar as configurações padrão de visibilidade e segurança.
  5. Clique em Save & New (Salvar e novo) para adicionar o campo Project Status (Status do projeto) ao layout de página, salvar o campo Project Status (Status do projeto) e retornar à primeira etapa do assistente.

Passo 2: Adicionar um campo de status das armas

O principal objetivo de uma estação de batalha é explodir coisas. Precisamos monitorar as armas, principalmente as do tipo que destrói planetas, e seu respectivo status atual.

Assim como fez com o status do projeto, você criará um campo de lista de opções para que os usuários possam escolher a partir de uma lista predefinida de status disponíveis.

Crie o campo Weapons Status (Status das armas) da forma indicada abaixo:

  1. Em Tipo de dados, selecione Picklist (Lista de opções) e clique em Next (Avançar).
  2. Preencha os detalhes do campo personalizado:
    • Rótulo do campo: Weapons Status (Status das armas)
    • Marque o botão de opções ao lado de Enter values, with each value separated by a new line (Inserir valores, com cada valor separado por uma nova linha).
    • Insira os valores a seguir para a lista de opções (um por linha):
      • Not Yet Operational (Ainda não está operacional)
      • Fully Operational (Totalmente operacional)
    • Display values alphabetically, not in the order entered (Exibir os valores em ordem alfabética, não na ordem inserida) – Não selecionado.
    • Use first value as default value (Usar primeiro valor como valor padrão) – Selecionado.
    • Desmarque a caixa Restrict picklist to the values defined in the value set (Restringir lista de opções aos valores definidos no conjunto de valor).
  3. Mantenha os padrões dos campos restantes e clique em Next (Avançar).
  4. Clique em Next (Avançar) novamente para aceitar as configurações padrão de visibilidade e segurança.
  5. Clique em Save (Salvar) para adicionar o campo Weapons Status (Status das armas) ao layout de página, salvar o campo Weapons Status (Status das armas) e retornar à página de objeto personalizado de estação de batalha.

Objeto personalizado de recurso

Ao criar uma estação de batalha, você precisa de recursos para fazer o trabalho em si. Nenhuma força mágica fluindo pelo universo vai fazer isso por você. Você precisa de pessoas e de uma forma de rastrear o uso delas. É isso que nosso objeto de Recurso fará.

  1. Clique em Ícone de engrenagem e selecione Setup (Configuração). A Configuração é iniciada em uma nova guia.
  2. Clique na guia Object Manager (Gerenciador de objetos) ao lado de Home (Início).
  3. Clique no menu suspenso Create (Criar) e selecione Custom Object (Objeto personalizado).
  4. Na página de definição do objeto personalizado, crie o objeto da seguinte forma:
    • Rótulo: Recurso
    • Rótulo no plural: Recursos
    • Nome do registro: Nome do recurso
    • Marque a caixa de seleção Allow Reports (Permitir relatórios)
    • Clique em Save (Salvar).
  5. Agora crie uma guia personalizada. Clique na guia Home (Início), insira Tabs (Guias) na caixa Quick Find (Busca rápida) e selecione Tabs (Guias).
  6. Clique em New (Novo) em Custom Object Tabs (Guias de objeto personalizado).
  7. Em Object (Objeto), selecione Resource (Recurso).
  8. Em Tab Style (Estilo da guia), selecione um ícone.
  9. Deixe os padrões como estão. Clique em Next (Avançar) duas vezes e em Save (Salvar).

Agora temos que criar alguns campos, como fizemos com a estação de batalha. Clique na guia Object Manager (Gerenciador de objetos) ao lado de Home (Início) e selecione o objeto personalizado Resource (Recurso). Role a tela para baixo até a seção Fields & Relationships (Campos e relacionamentos) e clique em New (Novo).

Passo 1: adicionar um campo de quantidade

Resource Name (Nome do recurso) rastreia o tipo de tripulante de que precisamos (por exemplo, encanador, inspetor de porta de exaustão, massagista), então agora precisamos de um campo que determine quantos recursos de cada tipo precisamos.

Crie o campo Quantity (Quantidade) da forma indicada abaixo:

  1. Em Data Type (Tipo de dados), selecione Number (Número) e clique em Next (Avançar).
  2. Preencha os detalhes do campo personalizado:
    • Rótulo do campo: Quantidade
    • Para garantir que algum número sempre seja inserido nesse campo, marque a caixa de seleção Required (Obrigatório).
  3. Mantenha os padrões dos campos restantes e clique em Next (Avançar).
  4. Clique em Next (Avançar) novamente para aceitar as configurações padrão de visibilidade e segurança.
  5. Clique em Save & New (Salvar e novo) para adicionar o campo de quantidade ao layout de página, salvar o campo de quantidade e retornar à primeira etapa do assistente.

Passo 2: adicionar um campo de utilização

Quando os recursos estão trabalhando em um projeto, pode ser que eles não trabalhem em período integral. Por exemplo, podem trabalhar 50% do tempo em um projeto e 50% em outro. Essa é a utilização de um recurso, e é importante acompanhá-la quando você quiser observar métricas e cronogramas.

Crie o campo Utilization (Utilização) da forma indicada abaixo:

  1. Em Tipo de dados, selecione Percent (Porcentagem) e clique em Next (Avançar).
  2. Preencha os detalhes do campo personalizado:
    • Rótulo do campo: Utilization (Utilização)
    • Para garantir que alguma porcentagem sempre seja inserida nesse campo, marque a caixa de seleção Required (Obrigatório).
  3. Mantenha os padrões dos campos restantes e clique em Next (Avançar).
  4. Clique em Next (Avançar) novamente para aceitar as configurações padrão de visibilidade e segurança.
  5. Clique em Save & New (Salvar e novo) para adicionar o campo de utilização ao layout de página, salvar o campo de utilização e retornar à primeira etapa do assistente.

Passo 3: adicionar um campo de estação de batalha (relacionamento entre mestre e detalhes)

Os recursos estão atribuídos para o trabalho em uma estação de batalha específica, então precisamos criar esse relacionamento entre os objetos. Você criará um relacionamento entre mestre e detalhes de recursos para estação de batalha. Isso cria um tipo especial de relacionamento entre dois objetos (filhos, ou “detalhes”) e outro objeto (pai, ou “mestre”). Relacionamentos entre mestre e detalhes podem ser usados sempre que houver um vínculo estreito entre dois objetos. Por exemplo, considere um blog e publicações do blog. Se o blog for excluído, as publicações do blog também devem ser excluídas. Além disso, o relacionamento oferece todos os tipos de benefícios extras. Vamos analisar um deles num instante.

Crie o campo Battle Station (Estação de batalha) da forma indicada abaixo:

  1. Em Tipo de dados, selecione Master-Detail Relationship (Relacionamento entre mestre e detalhes) e clique em Next (Avançar).
  2. Selecione Battle Station (Estação de batalha) na lista de opções Related To (Relacionado a) e clique em Next (Avançar).
    • Rótulo do campo: Deve ser Battle Station (Estação de batalha) por padrão
    • Nome do campo: Battle_Station
  3. Mantenha os padrões dos campos restantes e clique em Next (Avançar).
  4. Clique em Next (Avançar) novamente para aceitar as configurações padrão de visibilidade e segurança.
  5. Clique em Next (Avançar) para adicionar o campo da estação de batalha ao layout de página.
  6. Clique em Save (Salvar) para adicionar o campo da estação de batalha ao layout de página, a lista relacionada dos registros da estação de batalha ao layout de página (vamos entrar em mais detalhes daqui a pouco), salvar o campo da estação de batalha e retornar à página do objeto personalizado de recurso.

Objeto personalizado de suprimentos

Isso nos leva ao nosso último objeto personalizado. Para construir nossa estação de batalha, precisamos de suprimentos e equipamentos, como geradores de ondas cósmicas, rosquinhas, cera para polir armaduras, armas laser, cera para bigode e por aí vai. Essas coisas custam dinheiro, então queremos rastrear os custos para ficar dentro do orçamento e não sermos chamados à sala do chefe.

Para voltar ao Object Manager (Gerenciador de objetos), clique em Ícone de engrenagem e selecione Setup (Configuração). Clique na guia Object Manager (Gerenciador de objetos) ao lado de Home (Início). Clique na lista suspensa Create (Criar) e selecione Custom Object (Objeto personalizado) novamente para começar. Você já deve saber fazer isso muito bem.

  1. Na página de definição do objeto personalizado, crie o objeto da seguinte forma:
    • Rótulo: Supply (Suprimento)
    • Rótulo no plural: Supplies (Suprimentos)
    • Marque a caixa de seleção Allow Reports (Permitir relatórios)
    • Clique em Save (Salvar).
  2. Agora crie uma guia personalizada. Clique na guia Home (Início), insira Tabs (Guias) na caixa Quick Find (Busca rápida) e selecione Tabs (Guias).
  3. Clique em New (Novo) em Custom Object Tabs (Guias de objeto personalizado).
  4. Em Object (Objeto), selecione Supply (Suprimentos).
  5. Em Tab Style (Estilo da guia), selecione um ícone.
  6. Deixe os padrões como estão. Clique em Next (Avançar) duas vezes e em Save (Salvar).

Agora temos que criar alguns campos, como fizemos com a estação de batalha. Clique na guia Object Manager (Gerenciador de objetos) ao lado de Home (Início) e selecione o objeto personalizado Supply (Suprimentos). Role a tela para baixo até a seção Fields & Relationships (Campos e relacionamentos) e clique em New (Novo).

Passo 1: adicionar um campo de quantidade

Quando encomendamos lâmpadas ou cera para polir armaduras, precisamos rastrear a quantidade.

Crie o campo Quantity (Quantidade) da forma indicada abaixo:

  1. Em Data Type (Tipo de dados), selecione Number (Número) e clique em Next (Avançar).
  2. Preencha os detalhes do campo personalizado:
    • Rótulo do campo: Quantidade
    • Para garantir que algum número sempre seja inserido nesse campo, marque a caixa de seleção Required (Obrigatório).
  3. Queremos incentivar nossos usuários a pedir pelo menos 2 de qualquer suprimento (é sempre bom ter uma reserva), então vamos definir o Default value (Valor padrão) como 2.
  4. Mantenha os padrões dos campos restantes e clique em Next (Avançar).
  5. Clique em Next (Avançar) novamente para aceitar as configurações padrão de visibilidade e segurança.
  6. Clique em Save & New (Salvar e novo) para adicionar o campo de quantidade ao layout de página, salvar o campo de quantidade e retornar à primeira etapa do assistente.

Passo 2: adicionar um campo de custo unitário

Também precisamos registrar quanto custa cada unidade dos nossos suprimentos ou equipamentos. Por exemplo, se encomendarmos 1.000 brinquedos de banho infláveis, queremos rastrear que eles custam US$ 2,75 cada.

Crie o campo Unit Cost (Custo unitário) da forma indicada abaixo:

  1. Em Data Type (Tipo de dados), selecione Currency (Moeda) e clique em Next (Avançar).
  2. Preencha os detalhes do campo personalizado:
    • Rótulo do campo: Unit Cost (Custo unitário)
    • Tamanho: 16
    • Casas decimais: 2
    • Para garantir que algum número sempre seja inserido nesse campo, marque a caixa de seleção Required (Obrigatório).
  3. Mantenha os padrões dos campos restantes e clique em Next (Avançar).
  4. Clique em Next (Avançar) novamente para aceitar as configurações padrão de visibilidade e segurança.
  5. Clique em Save & New (Salvar e novo) para adicionar o campo de custo unitário ao layout de página, salvar o campo de custo unitário e retornar à primeira etapa do assistente.

Passo 3: adicionar um campo de custo total (campo de fórmula)

Agora que temos a quantidade e o custo unitário de cada item, você obviamente quer saber o custo total de todos os itens. Em vez de calcular manualmente esses custos (quantidade * custo unitário = total), você pode deixar a Salesforce Platform trabalhar por você usando um campo de fórmula! Esses campos são calculados no tempo de execução, assim como fórmulas em uma planilha. Eles facilitam muito a vida.

Crie o campo Total Cost (Custo total) da forma indicada abaixo:

  1. Em Tipo de dados, selecione Formula (Fórmula) e clique em Next (Avançar).
  2. Preencha os detalhes do campo personalizado:
    • Rótulo do campo: Custo total
    • Nome do campo: Total_Cost
    • Formula Return Type (Tipo de retorno da fórmula): Moeda
    • Casas decimais: 2
  3. Clique em Next (Avançar).
  4. Como queremos ver o custo total de cada registro de suprimento, insira o seguinte como fórmula: Quantity__c * Unit_Cost__c.
  5. Clique no botão Check Syntax (Verificar sintaxe) para ter certeza de que a fórmula tem a sintaxe correta e clique em Next (Avançar).
  6. Clique em Next (Avançar) novamente para aceitar as configurações padrão de visibilidade e segurança.
  7. Clique em Save & New (Salvar e novo) para adicionar o campo de custo total ao layout de página, salvar o campo de custo total e retornar à primeira etapa do assistente.

Passo 4: adicionar um campo de estação de batalha (relacionamento entre mestre e detalhes)

Assim como no caso dos recursos, com suprimentos, precisamos relacioná-los a um registro específico de estação de batalha usando um relacionamento entre mestre e detalhes.

Crie o campo Battle Station (Estação de batalha) da forma indicada abaixo:

  1. Em Tipo de dados, selecione Master-Detail Relationship (Relacionamento entre mestre e detalhes) e clique em Next (Avançar).
  2. Selecione Battle Station (Estação de batalha) na lista de opções Related To (Relacionado a) e clique em Next (Avançar).
    • Rótulo do campo: Deve ser Battle Station (Estação de batalha) por padrão
    • Nome do campo: Battle_Station
  3. Mantenha os padrões dos campos restantes e clique em Next (Avançar).
  4. Clique em Next (Avançar) novamente para aceitar as configurações padrão de visibilidade e segurança.
  5. Clique em Next (Avançar) para adicionar o campo da estação de batalha ao layout de página.
  6. Clique em Save (Salvar) para adicionar o campo da estação de batalha ao layout de página, a lista relacionada dos registros da estação de batalha ao layout de página, salvar o campo da estação de batalha e retornar à página do objeto personalizado de suprimentos.

Uau! Foi bem trabalhoso, mas finalmente acabamos. Felizmente, essa era a parte mais demorada da criação de nosso aplicativo.

Recursos