Comece a acompanhar seu progresso
Página inicial do Trailhead
Página inicial do Trailhead

Configurar aplicativos do Analytics

Objetivos de aprendizagem

Após concluir esta unidade, você estará apto a:

  • Descrever o que é um aplicativo do Analytics.
  • Configurar e atribuir uma PSL e um conjunto de permissões do aplicativo do Analytics.

O que são os aplicativos do Einstein Analytics?

Muito bem! Você deu à sua organização acesso ao Einstein Analytics. Mas ainda não acabou. Sua chefe também quer que as pessoas usem o aplicativo Sales Analytics, já que ele oferece painéis pré-criados úteis. Felizmente, a configuração do aplicativo Sales Analytics é bem semelhante à configuração do Einstein Analytics. Na verdade, todos os aplicativos do Analytics têm processos de configuração semelhantes.

Os aplicativos do Analytics contam histórias fáceis de acompanhar por meio de painéis interativos e prontos para usar que oferecem um resumo visual de seus dados do Salesforce. Pense em um aplicativo do Analytics como algo criado com base no Einstein Analytics. Todo o trabalho para criar um painel realmente útil, todas as consultas, o trabalho de design, o facetamento, a aparência, já foi feito para você!

O aplicativo Sales Analytics usa dados do Sales Cloud para contar a história de vendas de sua empresa. O Service Analytics faz a mesma coisa com seus dados do Service Cloud. E o Event Monitoring Analytics usa dados dos logs de eventos do Salesforce.

Esses aplicativos usam dados que você já possui no Salesforce para mostrar o estado de seu negócio. Os aplicativos do Analytics podem ajudá-lo a transformar esses dados em ações mais inteligentes para acelerar novos negócios.

Licenças de conjuntos de permissões e Conjuntos de permissões: parte II

Lembre-se: uma licença de conjunto de permissões (PSL) é como um passaporte que dá a você o direito de viajar; um conjunto de permissões é como um visto que permite que você entre em determinado país. Assim como você precisa dos dois para o Einstein Analytics, também precisa dos dois para aplicativos do Analytics. Cada aplicativo do Analytics tem pelo menos uma PSL.

Adquira uma licença do Einstein Analytics e siga o processo de permissões rápido ou personalizado, como você fez quando configurou as permissões do Einstein Analytics pela primeira vez. Lembre-se, no processo personalizado, você atribui uma PSL, cria um conjunto de permissões com base em permissões do sistema específicas habilitadas pela PSL e atribui o conjunto de permissões aos usuários. Com o processo rápido, você atribui a um usuário um conjunto de permissões padrão que contém um conjunto de permissões pré-selecionado e ele atribui uma PSL automaticamente.

As etapas são as mesmas para o Einstein Analytics, só que você seleciona PSLs ou conjuntos de permissões diferentes, os que são específicos aos aplicativos. Vamos percorrer o processo personalizado em seguida.

Começar o processo de permissões personalizadas: atribuir uma PSL para aplicativos

Lembre-se: o processo de configuração de permissões personalizadas começa com a atribuição de uma PSL, dessa vez para os aplicativos do Analytics. Neste exemplo, analisaremos o aplicativo Sales Analytics, que usa a PSL de aplicativos Sales Analytics.
  1. Em Configuração, insira Usuários na caixa Busca rápida e selecione Usuários.
  2. Localize o usuário (por exemplo, Laura Garza) na lista e clique no nome de usuário. (Verifique se está clicando no nome de usuário, não em Editar.)
  3. Na página do usuário, passe o mouse sobre Atribuições de licença de conjunto de permissões e, em seguida, clique em Editar atribuições.
  4. Neste exemplo, estamos trabalhando com o Sales Analytics, então marque a caixa de seleção referente à licença do conjunto de permissões “Aplicativos Sales Analytics” e clique em Salvar. Link para a configuração

Muito bem! Não foi tão difícil assim, não é mesmo?

Cada aplicativo pré-criado do Analytics tem sua própria PSL. Ao configurar as permissões para esses aplicativos, selecione a PSL certa. Para o Service Analytics, selecione “Aplicativos Service Analytics”. Para o Event Monitoring, selecione “Aplicativos Event Monitoring Analytics”, e assim por diante.

Nota

Nota

Nas organizações Developer Edition, o número de usuários é limitado. Esses limites não se aplicam à organização de produção de sua empresa. Nela, você segue essas etapas para todos que queiram usar aplicativos do Analytics. Ao atribuir permissões, é possível selecionar vários usuários de uma vez.

Criar um conjunto de permissões e adicionar permissões a ele

A próxima etapa no processo personalizado é criar um conjunto de permissões (para gerentes de vendas, por exemplo) e atribuí-lo a um usuário. Em sua organização de produção, você pode fazer isso para um ou todos os usuários ao mesmo tempo marcando as opções aplicáveis.
  1. Em Configuração, insira Conjuntos de permissões na caixa Busca rápida e selecione Conjuntos de permissões.
  2. Clique em Novo. Volte para a unidade Configurar permissões do Analytics se não se sentir familiarizado com o que está aqui.
  3. Insira um rótulo para seu conjunto de permissões. Por exemplo, se você está adicionando Laura Garza ou outros gerentes de vendas que só precisam de acesso de visualização ao aplicativo do Analytics, digite Exibir aplicativo do Analytics. A inserção de um rótulo cria o nome da API automaticamente. Não mude o valor padrão (--Nenhum--) no campo Licença de usuário. A escolha de outro valor pode causar problemas.
  4. Clique em Salvar.
  5. Agora vamos adicionar as permissões de usuário corretas ao conjunto. Role até o final da página de detalhes do conjunto de permissões e clique em Permissões do sistema. A página mostra a seção Permissões do sistema.
  6. Clique em Editar.
  7. Selecione a permissão que permite o acesso ao aplicativo Sales Analytics: Usar aplicativos de modelo do Analytics.
  8. Clique em Salvar.
  9. Clique em Salvar para confirmar as Alterações da permissão.

Se você criar conjuntos de permissões para usuários de um aplicativo do Analytics pré-criado que exige permissões separadas, selecione a permissão de usuário específica a esse aplicativo. Por exemplo, para configurar permissões de usuário para o Event Monitoring Analytics, selecione a permissão “Acessar modelos e aplicativos do Event Monitoring Analytics”.

Você criou um conjunto de permissões que permite aos usuários ver o aplicativo Sales Analytics. Falta apenas uma tarefa para concluir tudo.

Atribuir conjuntos de permissão

Seu novo conjunto de permissões inclui todas as permissões apropriadas. Agora, passe para a etapa final do processo personalizado e atribua-o a seus usuários. Caso não esteja na página de detalhes do seu novo conjunto de permissões Exibir aplicativo do Analytics, volte para lá.
  1. Na página de detalhes do conjunto de permissões Exibir aplicativo do Analytics, clique em Gerenciar atribuições.
  2. Clique em Adicionar atribuições.
  3. Marque a caixa de seleção ao lado do nome de Laura Garza. Você também pode selecionar outros usuários que queira incluir.
  4. Clique em Atribuir e em Concluído. Link para a configuração

Pronto! Você concluiu o processo personalizado e seus usuários agora têm permissões para usar o aplicativo do Analytics.

Como mencionamos, esse processo de criar e atribuir uma PSL e de criar e atribuir um conjunto de permissões é típico do Einstein Analytics e de aplicativos do Analytics. Alguns aplicativos do Analytics exigem outras etapas ou assistentes para configurar determinados recursos. E, claro, se um aplicativo opera com dados específicos do Salesforce, ele precisa ter acesso a esses objetos. A documentação de ajuda contém orientações sobre essas especificidades.

Configuração da permissão básica de aplicativos

Você também pode aplicar as permissões básicas com aplicativos da maneira descrita na Configuração rápida. Aqui está uma breve descrição:
  1. Em Configuração, vá até a seção Usuários e clique em Usuários.
  2. Abra a página de Laura Garza clicando no nome dela.
  3. Passe o mouse sobre Atribuições do conjunto de permissões, logo abaixo do nome dela no canto superior esquerdo.
  4. Clique em Editar atribuições para ver quais são os conjuntos de permissões disponíveis. Repare que há dois deles para o Sales Analytics. Antes de atribuir um conjunto de permissões, vá até a seção Conjuntos de permissões em Configuração e abra cada conjunto de permissões para ver quais permissões ele contém. A segurança é importante! Você não quer que os usuários recebam permissões que não deveriam ter. Não faremos isso agora, já que acabamos de analisar esse ponto durante o processo de configuração de usuário do Einstein Analytics. Página Atribuição de conjunto de permissões mostrando os conjuntos de permissões disponíveis, com as configurações padrão para o Sales Analytics circuladas.
  5. Selecione Administrador do Sales Analytics para dar a Laura todas as permissões necessárias para ela criar e gerenciar o aplicativo. (Durante o procedimento personalizado, você deu a ela a capacidade de ver o aplicativo.)
  6. Clique em Adicionar e em Salvar.

Como já mencionamos, o processo personalizado e o processo rápido para atribuir permissões são característicos do Einstein Analytics e dos aplicativos do Analytics. Alguns aplicativos do Analytics exigem outras etapas ou assistentes para configurar determinados recursos. E, claro, se um aplicativo opera com dados específicos do Salesforce, ele precisa ter acesso a esses objetos. A documentação de ajuda contém orientações sobre essas especificidades.