Desenvolver e testar alterações localmente

Objetivos de aprendizagem

Após concluir esta unidade, você estará apto a:
  • Criar um conjunto de alterações, incluindo dependências para sua personalização.
  • Autorizar uma conexão de implantação com outro ambiente.
  • Carregar um conjunto de alterações para uma organização.
  • Descrever quando é necessário clonar um conjunto de alterações.

Desenvolver em isolamento

Quando o planejamento foi concluído, Calvin e Ella passaram para os estágios seguintes: desenvolvimento e teste local. Ao final desses estágios, cada um terá um conjunto de alterações carregado no ambiente de teste integrado e uma lista das alterações manuais necessárias para a implantação do aplicativo.

Criar personalizações

Para dar suporte à nova iniciativa de treinamento de idiomas da Zephyrus, Calvin cria dois objetos personalizados:

  • Um objeto Curso de idiomas que armazena informações sobre os cursos de idiomas específicos da Zephyrus.
  • Um objeto Designer de curso de idiomas que armazena informações sobre designers de cursos de idiomas específicos na Zephyrus.
Nota

Nota

A personalização descrita aqui é apenas um exemplo do que você pode fazer com as ferramentas declarativas que o Salesforce oferece.

Vamos acompanhar Calvin enquanto ele cria esses objetos personalizados, desenvolve-os e os prepara para implantação.

Criar os objetos personalizados

Vamos começar com o objeto Curso de idiomas. Calvin cria esse objeto em uma Developer Sandbox.

  1. Depois de entrar na sandbox, abra a Configuração.
  2. Clique na guia Gerenciador de objetos.
  3. Clique em Criar | Objeto personalizado no canto superior direito.
  4. Em Rótulo, insira Curso de idiomas. Os campos Nome do objeto e Nome do registro são preenchidos automaticamente.
  5. Em Rótulo de plural, insira Cursos de idiomas.
  6. Marque a caixa Iniciar Assistente da nova guia personalizada e clique em Salvar.
  7. Selecione o estilo de guia desejado (Calvin escolhe Quadro-negro, já que esse objeto personalizado representa um curso) e clique em Avançar, Avançar e Salvar.

Em seguida, Calvin cria um objeto Designer de curso de idiomas.

  1. Em Setup (Configuração), clique na guia Object Manager (Gerenciador de objetos).
  2. Clique em Criar | Objeto personalizado no canto superior direito.
  3. Em Rótulo, insira Designer de curso de idiomas. Os campos Nome do objeto e Nome do registro são preenchidos automaticamente.
  4. Em Rótulo de plural, insira Designers de curso de idiomas.
  5. Marque a caixa Iniciar Assistente da nova guia personalizada e clique em Salvar.
  6. Selecione o estilo de guia desejado (Calvin escolhe Apresentador) e clique em Avançar, Avançar e Salvar.

Depois que Calvin concluiu essas alterações, ele as vê na ferramenta de acompanhamento de alterações da equipe.

Definir os campos de objeto personalizado

Calvin e as partes interessadas estabeleceram as definições de campo dos dois objetos personalizados durante a etapa de planejamento, o que facilita a criação dos campos por ele.

Um campo importante do objeto Curso de idiomas especifica o Designer de curso de idiomas que criou a lição. Vamos ver como Calvin cria esse campo relacionando os dois novos objetos personalizados.

  1. Em Configuração, vá até Gerenciador de objetos | Curso de idiomas.
  2. Clique em Campos e relacionamentos. Observe que alguns campos já estão lá, incluindo um campo de nome.
  3. Clique em Novo no canto superior direito.
  4. Em tipo de dados, selecione Relacionamento entre mestre e detalhes.
  5. Clique em Avançar.
  6. Selecione Designer de curso de idiomas no menu Relacionado a e clique em Avançar.
  7. Preencha os campo abaixo.
    • Rótulo do campo: designer de curso de idiomas
    • Descrição: o criador deste curso de idiomas.
  8. Clique em Avançar, Avançar, Avançar e Salvar.

Mais uma vez, Calvin vê as alterações feitas na ferramenta de acompanhamento de alterações da equipe.

Testar os objetos personalizados localmente

Calvin testa seus novos objetos personalizados em seu próprio ambiente, para confirmar que eles estão funcionando da maneira esperada, e faz as alterações necessárias. Depois de confirmar que a personalização atende aos requisitos, Calvin reúne suas alterações em um artefato, um conjunto de alterações. Assim, ele pode mover o artefato facilmente para a Developer Pro Sandbox compartilhada, onde ele pode ser integrado a outras personalizações da versão.

Criar um conjunto de alterações de saída

Na Developer Sandbox de Calvin, ele cria um novo conjunto de alterações que ele pode migrar para a Developer Pro Sandbox. Esse conjunto de alterações contém componentes de metadados novos e alterados do trabalho de personalização de Calvin. Para criar o conjunto de alterações com sucesso, Calvin precisa incluir todos os componentes necessários para fazer a personalização funcionar no ambiente de destino.

Calvin examina um relatório na ferramenta de rastreamento de alterações e vê que existem dois conjuntos de coisas a serem adicionados ao novo conjunto de alterações de saída.

  • Os próprios objetos personalizados
  • Os componentes que dão suporte aos objetos personalizados que ele criou

No novo objeto personalizado Curso de idiomas tem um relacionamento entre mestre e detalhes com o objeto personalizado Designer de curso de idiomas. Isso significa que os componentes Curso de idiomas são dependentes dos componentes Designer de curso de idiomas. Essa dependência significa que os componentes do Curso de idiomas não poderão existir em uma organização se os componentes Designer de curso de idiomas não estiverem também presentes na organização.

  1. Em Configuração, insira Conjuntos de alterações de saída na caixa Busca rápida e selecione Conjuntos de alterações de saída.
  2. Clique em New (Novo).
  3. Digite um nome para seu conjunto de alterações e clique em Salvar. Calvin dá ao conjunto de alterações o nome de Treinamento de idiomas.
  4. Na seção "Componentes do conjunto de alterações", clique em Adicionar.
  5. Escolha o tipo de componente, os componentes que gostaria de adicionar e clique em Adicionar ao conjunto de alterações. Calvin escolhe Objeto personalizado como o tipo de componente, selecione Aula de idiomas e Designer de curso de idiomas e clica em Adicionar ao conjunto de alterações.
  6. Clique em Visualizar/Adicionar dependências para ver se os componentes adicionados ao conjunto de alterações por você precisam de outras personalizações. Página de dependências de componente indicando as dependências por nome e o que as referencia.
  7. Escolha os componentes dependentes que gostaria de adicionar e clique em Adicionar ao conjunto de alterações.

Calvin seleciona todas as dependências porque ele sabe que nenhuma delas existe atualmente na sandbox usada para teste.

Excluir ou renomear componentes

Olha que interessante: você pode usar um conjunto de alterações para adicionar componentes novos ou alterados, mas não pode usar os conjuntos de alterações para excluir ou renomear componentes.

  • Para excluir componentes, use a interface web na organização de destino.
  • Para renomear um componente, primeiro exclua-o na organização de destino e carregue o novo componente em um conjunto de alterações.

Perfis e conjuntos de permissões

Criar seu próprio conjunto de alterações, incluindo perfis e conjuntos de permissões, exige considerações específicas. Analise a documentação sobre como implantar e recuperar perfis e conjuntos de permissões antes de prosseguir.

Autorizar a conexão de implantação

Como medida de segurança, uma organização que esteja aceitando um conjunto de alterações precisa autorizar uma conexão para aceitar esse conjunto. Calvin autoriza uma conexão de implantação na Developer Pro Sandbox, permitindo que ela receba um conjunto de alterações de entrada vindo de sua Developer Sandbox.

  1. Entre na organização em que você deseja receber as alterações. No caso de Calvin, é a Developer Pro Sandbox compartilhada da Zephyrus.
  2. Em Configuração, insira Configurações de implantação na caixa Busca rápida e selecione Configurações de implantação.
  3. Clique em Editar ao lado da organização de onde deseja receber os conjuntos de alterações. No caso de Calvin, é a Developer Sandbox em que ele criou os objetos personalizados.
  4. Selecione Permitir entrada de alterações e clique em Salvar.

Calvin autorizou uma conexão entre sua Developer Sandbox e a Developer Pro Sandbox compartilhada usada para integração. Depois que essa conexão é feita, a Developer Pro Sandbox aceita os conjuntos de alterações carregados pela Developer Sandbox de Calvin. Calvin pode desabilitar essa conexão na Developer Pro Sandbox se quiser.

Carregar o conjunto de alterações

Agora que a conexão foi autorizada, Calvin carrega seu conjunto de alterações da Developer Sandbox para a Developer Pro Sandbox.

  1. Entre na organização que contém o conjunto de alterações de saída. No caso de Calvin, é sua Developer Sandbox.
  2. Em Configuração, insira Conjuntos de alterações de saída na caixa Busca rápida e selecione Conjuntos de alterações de saída.
  3. Encontre o conjunto de alterações que será carregado. Nesse caso, é o conjunto de alterações Treinamento de idiomas.
  4. Clique em Carregar e escolha sua organização de destino. Calvin escolhe a Developer Pro Sandbox.

A página de detalhes do conjunto de alterações de saída exibirá uma mensagem e você receberá uma notificação de email quando o upload para a organização de destino for concluído.

Na Developer Pro Sandbox, Calvin e os demais administradores da organização têm a oportunidade de analisar o que está no conjunto de alterações carregado antes de implantá-lo.

Importante

Importante

Não é possível modificar o conteúdo de um conjunto de alterações depois que ele é carregado para uma organização. Caso queira modificar um conjunto de alterações depois de tê-lo carregado, faça um clone dele, modifique esse clone e carregue-o para a organização de destino.

Falta muito?

As alterações de Calvin chegaram. Ella fez alterações em sua organização de desenvolvedor e as colocou em um conjunto de alterações. Eles seguem o mesmo processo para mover o novo conjunto de alterações para a Developer Pro Sandbox.

  1. Autorize a conexão de implantação entre a Developer Sandbox de Ella e a Developer Pro Sandbox.
  2. Carregue o conjunto de alterações da sandbox de Ella para a Developer Pro Sandbox.

Quando os dois conjuntos de alterações estiverem na Developer Pro Sandbox, a equipe pode passar para o processo de teste de integração.

Recursos

Continue a aprender de graça!
Inscreva-se em uma conta para continuar.
O que você ganha com isso?
  • Receba recomendações personalizadas para suas metas de carreira
  • Pratique suas habilidades com desafios práticos e testes
  • Monitore e compartilhe seu progresso com os empregadores
  • Conecte-se a orientação e oportunidades de carreira