Criar relacionamentos de objeto

Objetivos de aprendizagem

Após concluir esta unidade, você estará apto a:
  • Definir os diferentes tipos de relacionamentos de objeto e seus casos de uso comuns.
  • Criar ou modificar um relacionamento de pesquisa.
  • Criar ou modificar um relacionamento entre mestre e detalhes.

O que são relacionamentos de objeto?

Agora que estamos familiarizados com objetos e campos, é hora de seguir em frente com relacionamentos de objeto. Relacionamentos de objeto são um tipo de campo especial que une dois objetos.

Vamos pensar em um objeto padrão, como Conta. Se um representante de vendas abre uma conta, ele provavelmente falou com algumas pessoas da empresa que representa a conta. Provavelmente já fez contato com executivos ou gerentes de TI e armazenou essas informações de contato no Salesforce.

Faz sentido, portanto, que exista um relacionamento entre o objeto Conta e o objeto Contato. E existe!

Ao olhar para um registro de conta no Salesforce, você verá que existe uma seção para contatos na guia Relacionados. Você também verá que existe um botão que permite adicionar um contato a uma conta rapidamente.

Um registro de conta com dois contatos relacionados.

O relacionamento Conta para Contato é um exemplo de relacionamento padrão no Salesforce. Mas assim como objetos e campos, você pode criar também relacionamentos personalizados. Na última unidade, você criou dois objetos: Propriedade e Oferta. Não seria ótimo se todas as ofertas feitas por um imóvel aparecessem no seu registro no Salesforce?

Antes de fazermos isso, vamos falar sobre os diferentes tipos de relacionamento que você pode criar no Salesforce.

O vasto mundo dos relacionamentos de objeto

Existem dois tipos principais de relacionamentos de objeto: pesquisa e mestre e detalhes.

Relacionamentos de pesquisa

Em nosso exemplo Conta para Contato acima, o relacionamento entre os dois objetos é um relacionamento de pesquisa. Um relacionamento de pesquisa basicamente vincula dois objetos para que você possa “pesquisar” um dos objetos nos itens relacionados do outro objeto.

Relacionamentos de pesquisa podem de um para um e de um para muitos. O relacionamento Conta para Contato é um para muitos porque uma mesma conta pode ter muitos contatos relacionados. Para nossa hipótese da DreamHouse, você poderia criar um relacionamento um para um entre o objeto Propriedade e um objeto Vendedor de propriedade.

Relacionamentos entre mestre e detalhes

Os relacionamento de pesquisa são bastante casuais; já os relacionamento entre mestre e detalhes são mais estritos. Nesse tipo de relacionamento, um objeto é o mestre e o outro, o detalhe. O objeto mestre controla determinados comportamentos do objeto detalhe, por exemplo, quem pode ver os dados do detalhe.

Por exemplo, digamos que o dono de uma propriedade deseja retirar seu imóvel do mercado. A DreamHouse não desejaria manter as ofertas feitas pelo imóvel. Com um relacionamento entre mestre e detalhes entre Propriedade e Oferta, você pode excluir o imóvel e todas as ofertas associadas do seu sistema.

Imóvel com várias ofertas relacionadas.


Mais sobre relacionamentos

Assim como na vida real, relacionamentos são complicados. Abaixo temos informações que o ajudarão a diferenciar entre relacionamentos de pesquisa e entre mestre e detalhes.

Normalmente, usa-se relacionamento de pesquisa quando os objetos só estão relacionados em algumas situações. Às vezes, o contato está associado a uma conta específica, mas, outras vezes, ele é apenas um contato. Os objetos nos relacionamentos de pesquisa funcionam como objetos independentes e têm suas guias próprias na interface de usuário.

No relacionamento entre mestre e detalhes, o objeto detalhe não funciona independentemente. Ele depende bastante do mestre. Na verdade, se um registro do objeto mestre é excluído, todos os registros de detalhe relacionados são também excluídos. Ao criar relacionamentos entre mestre e detalhes, você sempre criará o campo de relacionamento no objeto detalhe.

Por fim, você poderia ver um terceiro tipo de relacionamento chamado relacionamento hierárquico. Os relacionamentos hierárquicos são um tipo especial de relacionamento de pesquisa. A principal diferença entre os dois é que os relacionamentos hierárquicos só estão disponíveis no objeto Usuário. Você pode usá-lo para criar cadeias de gerenciamento entre usuários.

Quando começar a adicionar relacionamentos entre objetos, lembre-se de que você estará aumentando a complexidade do modelo de dados. Isso não é ruim, mas tenha mais cuidado ao realizar ações como alterações e exclusões de objetos, registros ou campos. Confira a seção de recursos para saber mais sobre comportamentos de relacionamento.

Criar um relacionamento de pesquisa

Estamos prontos para voltar ao D’Angelo e criar alguns relacionamentos para o aplicativo da DreamHouse. Digamos que a DreamHouse quisesse encontrar uma forma de monitorar os usuários que marcam seus imóveis favoritos em seu site. Esse recurso pode ajudar os corretores imobiliários da DreamHouse a entrar em contato com compradores em potencial.

Para começar, crie um objeto personalizado chamado Favorito e adicione um campo a ele.

  1. Clique na guia Gerenciador de objetos.
  2. Clique em Criar | Objeto personalizado no canto superior direito.
  3. Em Rótulo, digite Favorito.
  4. Em Rótulo plural, digite Favoritos.
  5. Marque a caixa Iniciar o assistente da nova guia personalizada após salvar este objeto personalizado.
  6. Deixe os demais valores como padrão e clique em Salvar.
  7. Na página Nova guia de objeto personalizado, clique no campo Estilo de guia e selecione um estilo que lhe agrade.
  8. Clique em Avançar, Avançar e Salvar.
  9. Na página Gerenciador de objetos do objeto personalizado, clique em Campos e relacionamentos.
  10. Clique em Novo.
  11. Em Tipo de dados, selecione Número automático e clique em Avançar.
  12. Insira o seguinte para o novo campo personalizado:
    • Rótulo do campo: Nome favorito
    • Formato de apresentação: FA-{0000}
    • Número inicial: 1
  13. Clique em Avançar, Avançar e Salvar.

Criar campos de relacionamento personalizados

Vamos criar dois campos de relacionamento personalizados no objeto Favorito. Primeiro, criaremos um relacionamento de pesquisa com a listagem dos usuários que selecionam Favorito para uma propriedade.

  1. Em Configuração, acesse Gerenciador de objetos Favorito.
  2. Na barra lateral, clique em Campos e relacionamentos.
  3. Clique em Novo.
  4. Escolha Relacionamento de pesquisa e clique em Avançar.
  5. Em Relacionado a, selecione Contato. No caso da DreamHouse, os contatos representam compradores de imóveis em potencial.
  6. Clique em Avançar.
  7. Em Nome do campo, insira Contato e clique em Avançar.
  8. Clique em Avançar, Avançar e Salvar e novo.

Criar um relacionamento entre mestre e detalhes

Agora, criaremos um segundo campo de relacionamento. Queremos um relacionamento entre mestre e detalhes, no qual a Propriedade é o mestre e o Favorito é o detalhe.

  1. Na página Gerenciador de objetos do objeto personalizado, clique em Campos e relacionamentos.
  2. Clique em Novo.
  3. Selecione Relacionamento entre mestre e detalhes e clique em Avançar.
  4. Em Relacionado a, selecione Propriedade.
  5. Clique em Avançar.
  6. Em Nome do campo, insira Propriedade e clique em Avançar.
  7. Clique em Avançar, Avançar e Salvar.
Agora, se você observar um registro de Propriedade, verá a lista dos Favoritos na respectiva guia.

Adicionar uma propriedade favorita

Vamos dar uma olhada em como visualizar as propriedades favoritas.

  1. No Iniciador de aplicativos (Ícone do Iniciador de aplicativos. na barra de navegação), encontre e selecione Vendas.
  2. Clique na guia Propriedades na barra de navegação. Caso não esteja vendo essa guia, procure-a no menu suspenso Mais.
  3. Clique no nome de um registro de Propriedade.
  4. Clique em RelacionadosVocê verá os favoritos (0) na guia relacionada.
  5. Clique em Novo.
  6. Preencha o Nome favorito e clique em Salvar.

Ótimo trabalho! Nosso objeto Favorito está configurado.