Implantar o Commerce Cloud Einstein

Objetivos de aprendizagem

Após concluir esta unidade, você estará apto a:
  • Elencar os tipos de dados que o Einstein rastreia.
  • Explicar a importância dos Termos de privacidade de dados do Einstein.
  • Elencar quatro ações que o Recommendation Validator do Commerce Cloud rastreia.
  • Listar as duas formas de habilitar feeds durante a implantação.
  • Explicar como o Einstein usa os feeds de dados.

Introdução

O planejamento foi feito e Linda Rosenberg sabe o que ela e sua equipe precisam fazer. Para começar, ela instala e configura vários recursos. Para Dicionários de pesquisa, ela assina os Termos de privacidade de dados do Einstein. Ela autoriza que os dados de seu dicionário de pesquisa sejam enviados a um banco de dados compartilhado ao qual outros comerciantes que também contribuíram podem ter acesso. Os comerciantes envolvidos têm mais dados para criar melhores experiências de compra.

Para Recomendações de produto e Predictive Sort, ela instala o Commerce Cloud Recommendations Validator, uma extensão do Chrome para testes de garantia de qualidade. Ela também implanta o Commerce Cloud Einstein.

Em seguida, Linda começa a trabalhar com os dados.

Onde estão os dados?

Os algoritmos de aprendizado de máquina exigem conjuntos de dados substanciais para descobrir e usar correlações e padrões estatísticos valiosos. Embora o ideal seja dois anos de dados, a Cloud Kicks não têm dados que cubram todo esse tempo. Felizmente, o Einstein consegue trabalhar com os dados que você tem.

Para usar o Einstein em sua loja do B2C Commerce, Linda obtém os dados destas fontes.

  • Catálogo: ela coleta informações de produtos armazenados no catálogo executando um feed de catálogo em sua instância de produção.
  • Pedidos: ela coleta informações de pedidos gerados na loja executando um feed de pedidos em sua instância de produção.
  • Fluxo de cliques: o site coleta dados de fluxo de cliques automaticamente em tempo real usando o rastreamento de pixel. Esses dados são dinâmicos: Linda não precisa fazer nada para coletá-los.

O Einstein usa modelos de aprendizado de máquina que:

  • Analisam esses dados.
  • Identificam produtos que costumam ser comprados juntos para criar conjuntos, pacotes e promoções de produtos mais eficazes.
  • Identificam termos para adicionar aos dicionários de pesquisa para melhorar os resultados da pesquisa.
  • Usam slots de conteúdo para mostrar produtos recomendados.
  • Usam um submenu de pesquisa e as configurações do Business Manager para personalizar diretrizes de pesquisa de complemento de digitação.
  • Classificam resultados da pesquisa.

Ativar o rastreamento de atividades para a loja

O Einstein usa o rastreamento de atividades baseado em navegador para responder às ações dos compradores em seu site em tempo real. Para garantir que as atividades estejam habilitadas na produção:

  1. Abra o Business Manager.
  2. Selecione site > Ferramentas de comerciante > Preferências do site > Configurações de privacidade.
  3. Selecione Ativado para rastreamento (Padrão para novas sessões da loja).
  4. Clique em Aplicar.

Commerce Cloud Recommendation Validator

O Recommendation Validator é uma extensão do Chrome que valida e depura recomendações de produto e regras de ordenação do Einstein em sua loja (virtual). Ela oferece um painel para análise de carrinhos e ajuda comerciantes como Brandon Wilson a validar e depurar recomendações de inteligência preditiva. O painel permite ver as atividades do site, recomendações do site e dados de recomendações de email.

Nota

Nota

Essa extensão só está disponível para o navegador Google Chrome.

Linda carrega essa extensão no navegador para poder ajudar outros usuários em caso de problemas. Vejamos como ela vai fazer isso.

  1. No navegador Chrome, acesse a página de extensões da Chrome Web StoreCommerce Cloud Recommendation Validator
  2. Clique em Adicionar ao ChromeInterface de usuário do Recommendation Validator mostrando o botão Adicionar ao Chrome
  3. Para confirmar a instalação, clique em Adicionar extensãoO ícone da extensão aparece à direita da barra de endereço.

O Recommendation Validator começa a ser executado assim que sua instalação é concluída. Quando Linda navega até um site que usa recursos do Einstein, ele valida instantaneamente atividades de recomendação e regras de ordenação. Quando ele reconhece um evento, uma numeração no rodapé aparece dentro do ícone mostrando o número de eventos que ele capturou.

Veja como ela usa essa ferramenta.

  1. Abra a loja (virtual).
  2. Acione as atividades navegando por ela.
  3. Clique no ícone do Validator (1) quando os rodapés começarem a aparecer para ver o status das atividades acionadas. No exemplo, existem dois rodapés. Informação mostrada no Recommendation Validator
  4. Veja os eventos reconhecidos (2). Neste exemplo, clickCategory é atividade.

Quando Linda ativa as recomendações, a guia é preenchida com informações.

Eventos do Validator

Quando o Validator reconhece um evento, um ícone aparece com o número de eventos detectado. O Validator mostra uma resposta baseada nas atividades. Desenvolvedores como Vijay Lahiri devem examinar a documentação do Infocenter ao validarem suas implementações.

Esta tabela mostra a ação realizada por um comprador (por exemplo, clicando em uma categoria), o acionador no código e os resultados mostrados no Validator.

O que o comprador faz (ação) Acionador Resultados
Clicar em uma categoria. viewCategory Se o rastreamento de clickstream estiver configurado corretamente, você verá “viewCategory is OK” no Validator.
Clicar em um produto. viewProduct Se o rastreamento de clickstream estiver configurado corretamente, você verá “viewProduct is OK” no Validator.
Ver o slot de conteúdo de recomendações. viewReco Se as recomendações estiverem ativas em uma página e funcionando corretamente, você verá “viewReco is OK” no Validator. Para ver informações de recommender individuais, clique na guia Recomendação.
Clicar em um produto recomendado. clickReco Se o rastreamento de clickstream estiver configurado corretamente, você verá “clickReco is OK” no Validator.
Adicionar um item ao carrinho. addToCart Se o rastreamento de clickstream estiver configurado corretamente, você verá “addToCart is OK” no Validator.
Clicar para fazer checkout. beginCheckout Se o rastreamento de clickstream estiver configurado corretamente, você verá “beginCheckout is OK” no Validator.
Finalizar checkout. finishCheckout Se o rastreamento de clickstream estiver configurado corretamente, você verá “finishCheckout is OK” no Validator.
Fazer pesquisa e exibição dos resultados da pesquisa. viewSearch Se o rastreamento de clickstream estiver configurado corretamente, você verá “viewSearch is OK” no Validator.

Implantar o Einstein

A implantação do Einstein na loja do B2C Commerce da Cloud Kicks coloca Linda a par da inteligência preditiva. O serviço de implantação do Einstein transfere dados do catálogo de produtos e dos feeds de pedidos ao Commerce Cloud Einstein. Os modelos preditivos de aprendizagem de máquina usam os feeds de dados para gerar recomendações. A implantação do Einstein também envia dados para a ferramenta Configurator, onde Brandon pode configurar regras comerciais para ajustar como o sistema deve gerar recomendações de produtos.

Linda controla a frequência com que os dados de catálogo e pedidos são implantados no Einstein, ou seja, ela executa a implantação com frequência suficiente para manter os dados recentes. Como a implantação pode afetar o desempenho da loja (virtual), ela implanta com base na frequência de alterações no catálogo. Descobrir o melhor intervalo pode exigir várias tentativas.

Aqui estão as etapas que ela executa para iniciar o processo de feed de dados que implanta o Commerce Cloud Einstein.

  1. Abra o Business Manager.
  2. Selecione Administração > Operações >Painel de status do Einstein.
  3. Na coluna Site, clique no site que você deseja configurar.
  4. Selecione a região que corresponde à sua principal área geográfica comercial. Essa configuração determina onde os dados preditivos serão armazenados fisicamente e processados. Por exemplo, selecione Américas.
  5. Se necessário, modifique a configuração do host (Por exemplo: www.northerntrailoutfitters.com, com https:// não incluída).
  6. Selecione um ou mais recursos que deseja incluir.
    • Produtos fora de estoque: Permite exibir recomendações nas páginas de detalhes do produto que estão fora de estoque.
    • Produtos de variação: Se seu catálogo tem grupos de variação, isso permite que as recomendações sejam atendidas no nível do grupo de variação (por exemplo, no nível de cor).
    • Vários idiomas: Se seu site oferecer suporte a vários idiomas, trará informações de produto em todos eles.
  7. Selecione ou insira a data depois que os pedidos de exportação forem criados.
  8. Insira um número máximo de pedidos por execução, por exemplo, 10000.
  9. Selecione o botão Ativar. Se o botão estiver inativo, os feeds de catálogo e pedidos não serão planificados para o site.
  10. Planifique quando os feeds devem ser executados e com que frequência.
    • Execute os feeds imediatamente para capturá-los uma única vez ou
    • Configure uma planificação recorrente.
  11. Clique em Salvar.

O Commerce Cloud Einstein está pronto para funcionar!

Próximas etapas

Nesta unidade, Linda viu a importância de assinar os Termos de privacidade de dados do Einstein. Ela também aprendeu como os dados de pedidos, produtos e fluxo de cliques de sua loja podem oferecer informações importantes a sua empresa sobre os compradores da Cloud Kicks, para que anunciantes como Brandon possam melhorar suas experiências com recomendações de produtos mais direcionadas e uma classificação de pesquisa mais aprimorada. Na próxima unidade, ela explorará como analisar dados com a ferramenta Configurador.

Recursos