Entender os princípios do bom design

Nota

Nota

O Einstein Analytics tem um novo nome. Diga "Olá" ao Tableau CRM. Todo o funcionamento permanece o mesmo. O Tableau CRM oferece a melhor experiência para análises nativas dentro dos produtos do Salesforce CRM. Ele continua a combinar inteligência artificial (IA) e business intelligence (BI), e o Einstein Discovery continua a ter uma integração forte com a plataforma. Você verá o nome antigo em alguns lugares enquanto tratamos das atualizações.

Objetivos de aprendizagem

Após concluir esta unidade, você estará apto a:
  • Entender os princípios básicos de design de um aplicativo do Tableau CRM.
  • Entender como esses princípios se refletem nos elementos de um painel do Tableau CRM.
  • Entender o processo de design do aplicativo de forma geral.

Uma jornada de design inesperada

Hoje é um dia empolgante: seu primeiro dia de trabalho como administrador do Salesforce da DTC Electronics.

Mal sabia você que seu novo trabalho o levaria em uma jornada de transformação de design. Começando com a versão inicial de um aplicativo de painel único, você vai separar os aspectos bons dos ruins usando princípios básicos de design. Em seguida, você o tornará mais útil e mais de acordo com os princípios de design. Quando terminar, você terá conhecimento de um processo que poderá ser aplicado em seus próprios designs de aplicativo e painéis. E você verá o mesmo painel totalmente transformado pelos designers da Salesforce.

Andando pela sede da DTC hoje, a única coisa que você sabe é que é seu primeiro dia no trabalho. Você passou as últimas duas semanas fazendo treinamento e reuniões com sua predecessora. Agora é sua primeira segunda-feira por conta própria na incrível organização Salesforce da DTC.

Falando em incrível, sua predecessora mostrou um aplicativo que ela desenvolveu em seu tempo livre. Ela usou o Tableau CRM para criar um aplicativo que deveria dar informações quase em tempo real aos gerentes de vendas sobre as atividades dos representantes. Ela o batizou de Motivador, já que achou que fosse ajudar a manter a equipe focada. Ela ainda não falou sobre ele com a equipe e acha que isso pode ser uma vantagem para você.

Ansioso para começar a trabalhar, você liga o Tableau CRM e abre o Motivador no painel Atividades da equipe de vendas. Talvez dê para mostrá-lo ao VP de vendas esta semana e começar com o pé direito!

Painel do Motivador

A beleza não fica só à flor da pele

O aplicativo é, na verdade, um único painel com vários dados! Quanto mais simples, melhor, certo?

Você pode ver as atividades da equipe divididas por tipo: chamada, email, evento e tarefa. Dá para filtrar por nome do proprietário, ou seja, é possível ver quem fez o quê. Também é possível ver atividades por conta. Além disso, você pode ver os números de acordo com a prioridade, e um total no final de atividades concluídas e atrasadas. Isso pode ser útil para gerentes manterem suas equipes motivadas, rastreando o que seus representantes estão fazendo, reconhecendo o trabalho dos melhores representantes e orientando aqueles que estão abaixo da média.

Mas o que você sabe sobre rastrear e motivar a equipe de vendas? Parece que sua predecessora se divertiu e usou vários recursos do Analytics Studio, mas, embora ele pareça interessante, o aplicativo não parece ser muito útil. Você nota logo de cara que não há como saber o período das atividades, e é difícil encontrar o menu que permite ver atividades por representante: Nome do proprietário. E você aposta que cada gerente regional vai querer ver as atividades só de sua área geográfica.

Você decide reunir algumas pessoas da equipe de vendas para darem uma olhada o mais rápido possível, para não perder tempo em algo que não vai ajudar os negócios.

Clareza, eficiência, consistência, beleza

Sem saber, você já deu o primeiro passo em direção à jornada de design. Você viu que sua predecessora fez algo que tem potencial, mas não está totalmente de acordo com as necessidades. Você começou a fazer perguntas sobre como ele pode ficar mais útil. Agora você vai seguir as etapas para obter respostas.

Aqui no Tableau CRM, criamos uma estratégia para você e para outras pessoas na mesma situação. Pode ser que você não se veja como designer, mas assim que começar a criar um aplicativo ou painel do Tableau CRM, vai precisar pensar como um. Se não fizer isso, você corre o risco de criar algo que não ajudará sua equipe. E, se fizer isso, poderá ter boas ideias e resolver problemas de maneiras inspiradoras para seus usuários.

Nossa estratégia começa com estes princípios de design:

  1. Clareza. Elimine a ambiguidade da experiência do aplicativo. Clareza permite que os usuários vejam, entendam e ajam com confiança. Ilustração do princípio da clareza mostrando um prédio erguendo-se por cima das nuvens.
  2. Eficiência. Antecipe como os usuários percorrerão os recursos do aplicativo para simplificar e otimizar os fluxos de trabalho. Isso ajuda os usuários a trabalharem melhor, de forma mais rápida e inteligente. Ilustração do princípio da eficiência mostrando uma torre pontuda erguendo-se em direção ao céu.
  3. Consistência. Use os mesmos nomes para as mesmas coisas, elementos gráficos semelhantes para representar os mesmos tipos de dados e as mesmas ações do aplicativo, e tamanhos semelhantes para elementos que tenham a mesma importância. Ao aplicar a mesma solução ao mesmo problema, você cria familiaridade e fortalece a intuição do usuário. Ilustração do princípio da eficiência mostrando uma torre pontuda erguendo-se em direção ao céu.
  4. Beleza. Recompense seus usuários ocupados com um acabamento pensado e elegante. Há muita concorrência disputando o tempo e a atenção deles! Ilustração do princípio da eficiência mostrando a ponte Golden Gate à noite.

Juntos, esses princípios dão vida e dinamismo a todas as interações entre seus usuários e seu aplicativo. Os usuários podem ter uma experiência fluida que parece natural, e voltarão a usar seu aplicativo várias vezes.

O que queremos dizer com Design de aplicativos?

Antes de prosseguirmos no caminho do design, vamos definir alguns termos básicos: aplicativo e design. Um aplicativo do Tableau CRM é uma coleção de ativos que, juntos, servem a um objetivo comercial. Por exemplo, o objetivo do aplicativo Tableau CRM Sales Analytics é dar a todos da equipe de vendas uma forma rápida e intuitiva de obter insights sobre os dados do Sales Cloud.

Os ativos do aplicativo do Tableau CRM incluem um fluxo de dados de uma ou mais lenses, painéis e conjuntos de dados. Você pode saber mais sobre eles seguindo os links da Ajuda do Salesforce e do Trailhead na seção Recursos no final desta unidade.

O desenvolvimento de um aplicativo segue este processo básico:

  1. Carregar dados em conjuntos de dados e formatá-los/transformá-los para que funcionem no Tableau CRM.
  2. Criar explorações dos conjuntos de dados: lenses que permitem a você visualizar métrica de dados para análise e ação.
  3. Salvar conjuntos de explorações em painéis que mostram um caminho claro em seus dados.
  4. Salvar ativos em um aplicativo que conta uma história completa e coerente.

Você também pode aprender mais sobre desenvolvimento de aplicativos nos links da seção Recursos.

O que queremos dizer com design? Cada fase do processo de desenvolvimento exige a tomada de decisões de design: os dados a serem incluídos, como arranjá-los, as dimensões e medidas que devem ser usadas nas explorações e outros. Neste módulo, falamos sobre design de aplicativos, ou seja, as decisões que você toma para determinar quem são seus usuários, o que eles querem e como apresentar o conteúdo de um aplicativo a eles. Isso naturalmente exige muito raciocínio, pois se trata basicamente do processo de tomada de decisões que você segue antes de começar a criar um aplicativo. Também damos alguns exemplos de como aplicar decisões de design.

Um último detalhe: um aplicativo é definido como um conjunto de ativos que servem um objetivo, o que pode ter vários painéis ou apenas um. O aplicativo com o qual você vai trabalhar tem apenas um painel. Com o tempo, podemos decidir se o Motivador vai precisar de outros painéis. Mas, neste módulo, vamos nos concentrar em apenas um.

Como transformar princípios em trabalho real

Os princípios de design clareza-eficiência-consistência-beleza parecem simples. Mas como utilizá-los para tornar o Motivador útil para sua equipe?

Costumamos pensar em design como a aparência de algo. Mas, citando Steve Jobs, “Design não é só aparência. O design tem de ser funcional.” Aplicativos que funcionam bem exigem pensamento aprofundado sobre como eles serão utilizados. No entanto, muitas vezes, pessoas como nós começam com as questões de superfície do software: suas cores, fontes, identidade visual e aparência geral. E, quando temos ferramentas de apresentação incríveis como gráficos e widgets do Tableau CRM, amamos usá-las só porque sim.

Mas se você não pensar além da superfície, as cores mais atraentes, as fontes mais elegantes e os gráficos mais incríveis serão irrelevantes para o usuário. Pense no Motivador. Na superfície, ele parecia interessante. Mas alguns de seus elementos não estavam em um lugar útil, outros não faziam sentido e mais alguns estavam faltando. E tudo precisava de um acabamento.

Assim, transformar os princípios de um bom design em um aplicativo funcional e prático significa pensar com profundidade. Começar abaixo da superfície, assim:

  1. Determinar o público e o objetivo de um aplicativo. Um aplicativo leva um usuário por uma jornada. Você precisa de uma imagem clara de cada etapa dessa jornada e do que espera o usuário no final dela antes de fazer qualquer trabalho de desenvolvimento. Para ter isso, você precisa entender bem quem é seu público e do que ele precisa. E precisa saber o objetivo de seu aplicativo: as metas que o público pretende alcançar usando seu aplicativo.
  2. Conceber a estrutura do aplicativo. Quais são os limites dos recursos e do conteúdo do aplicativo para que eles possam cumprir o objetivo do aplicativo, e como você os organiza em um fluxo lógico? Um aplicativo bem estruturado transforma a jornada do usuário em um processo de grandes descobertas. A descoberta do conteúdo e dos recursos de um aplicativo precisa seguir um plano lógico, um que seja fácil e até divertido.
  3. Escolher os elementos de superfície corretos. Que sinais você coloca no caminho para facilitar a jornada do usuário e ajudá-lo a escolher o caminho certo nos recursos? Que escolhas de aparência você faz para aumentar o envolvimento emocional do usuário com o aplicativo? Que elementos visuais podem recompensar o usuário pela conquista de suas metas?
O processo de design: começar com um objetivo, passar para a estrutura e terminar com a superfície

O design tem de ser funcional

Ao seguir em sua jornada, você aprenderá a pensar “com profundidade”. Percorreremos o processo que acabamos de esboçar e faremos exercícios práticos ao longo do caminho que você poderá usar em seu próprio design e desenvolvimento de aplicativos. Juntos, vamos aplicar esse processo no Motivador para mostrar como o pensamento com profundidade pode fazê-lo deixar de ser algo apenas com boa aparência para ser algo que é realmente excelente. No final, você terá as ferramentas de que precisa para projetar seus próprios aplicativos de trabalho, para o Tableau CRM, mas também para outras plataformas de aplicativos.

Vamos começar.

Recursos

Continue a aprender de graça!
Inscreva-se em uma conta para continuar.
O que você ganha com isso?
  • Receba recomendações personalizadas para suas metas de carreira
  • Pratique suas habilidades com desafios práticos e testes
  • Monitore e compartilhe seu progresso com os empregadores
  • Conecte-se a orientação e oportunidades de carreira