Usar números, moedas e porcentagens em fórmulas

Objetivos de aprendizagem

Após concluir esta unidade, você estará apto a:
  • Descrever quais são os tipos de retorno das fórmulas de número, moeda e porcentagem.
  • Explicar a diferença entre os tipos de número, moeda e porcentagem.
  • Descrever casos de uso para fórmulas com os tipos de número, moeda e porcentagem.
  • Criar uma fórmula usando os tipos de número, moeda e porcentagem.

Introdução a números, moeda e porcentagens em fórmulas

Quando a maioria das pessoas ouve a palavra fórmula, pensa em algo que envolve números. Embora isso nem sempre seja verdade com as fórmulas no Salesforce, alguns tipos de dados são baseados em números. O mais simples desses tipos de dados é o tipo Número. Quando você cria um campo de fórmula que retorna um número, pode especificar quantas casas decimais seu número tem, de 0 até 18.

Os números podem ser positivos ou negativos, inteiros ou decimais. Os números funcionam bem para medidas, como temperaturas, comprimentos e populações. No entanto, a moeda tem seu próprio tipo de dado. Uma fórmula que retorna dados de moeda é semelhante a uma fórmula de número, mas os valores de moeda vêm com um sinal de moeda incorporado.

Nota

Nota

Campos de fórmula personalizados que usam moedas não estão associados a nenhuma moeda específica. Se sua organização tem várias moedas habilitadas, o resultado de uma fórmula de moeda é exibido na moeda do registro associado.

Os percentuais também têm seu próprio tipo de dado, um número com um sinal de porcentagem junto a ele. Um percentual é armazenado como um número dividido por 100, o que significa que 100% é representado como 1, 90% como 0,9 e assim por diante.

Você pode misturar e combinar esses três tipos de dados numéricos em fórmulas, mas considere sempre as diferenças entre eles. E lembre-se: não importa qual tipo você está usando, o valor que sua fórmula retorna não pode ter mais de 18 dígitos, incluindo os dígitos antes e depois da vírgula decimal.
Tipo de retorno da fórmula Características
Número Um número positivo ou negativo, inteiro ou decimal.
Moeda Um número que vem com um sinal de moeda.
Porcentagem Um número que vem com um sinal de porcentagem, armazenado como um número dividido por 100.

Funções e operadores comuns de número, moeda e porcentagem

Quando você trabalha com números, usa certas funções e operadores com frequência.

Operadores matemáticos

Os operadores mais usados em fórmulas que retornam um número, moeda ou porcentagem são os sinais da matemática que você tem visto desde suas primeiras aulas de aritmética.

Você pode adicionar (+), subtrair (-), multiplicar (*) ou dividir (/) valores numéricos. Você também pode usar exponenciação (^) em fórmulas. Esses operadores funcionam exatamente como em uma calculadora. As fórmulas seguem a ordem das operações e você pode agrupar operações entre parênteses.

Você também pode usar maior que (>), menor que (<), menor ou igual a (<=) ou maior ou igual a (>=) para comparar dois valores numéricos. Para verificar se dois números são iguais, use =. Para verificar se dois números não são iguais, use não é igual a, que pode ser escrito como != ou <>.

Funções matemáticas

O editor de fórmula também oferece algumas outras funções matemáticas. A função ROUND() arredonda um valor numérico informado por você. Ela arredonda para cima, o que significa que valores a partir de cinco são sempre arredondados para o próximo número. Por exemplo, 1,45 é arredondado para 1,5 e 1,43 é arredondado para 1,4.

Esta fórmula de moeda usa ROUND() para calcular um desconto e arredondar para duas casas decimais para que ele seja um valor de moeda adequado.

ROUND(Price__c - Price__c * Discount__c, 2)

Você também pode usar operadores integrados para realizar várias outras funções matemáticas, como valor absoluto, máximo ou mínimo. Para saber mais sobre funções matemáticas, consulte Operadores de fórmula e funções na ajuda online do Salesforce.

Usar números, moedas e porcentagens em fórmulas

Você pode usar os tipos de número, moeda e porcentagem das fórmulas em várias situações diferentes, desde o cálculo da porcentagem de comissão em uma venda até o total da receita ou lucro anual.

Criar um campo personalizado para o valor principal

  1. Em Configuração, use a caixa Busca rápida para acessar o Gerenciador de objetos.
  2. Clique em Conta | Campos e relacionamentos e clique em Novo.
  3. Selecione Moeda e clique em Avançar.
  4. Em Rótulo do campo, insira Principal. O nome do campo é preenchido automaticamente.
  5. Em Casas decimais, insira 2. Como este é um valor de moeda, queremos dois dígitos após a vírgula decimal.
  6. Altere Comprimento para 16. Deixe as demais opções como o padrão e clique em Avançar.
  7. Clique em Avançar novamente e, em seguida, clique em Salvar.
Usaremos o Principal para calcular condicionalmente uma taxa de juros que, então, poderemos usar para calcular a quantidade de juros compostos na conta.

Calcular porcentagem de juros

Para essa conta, digamos que, se o saldo principal estiver abaixo de US$ 10.000, a taxa de juros será de 2% ao ano, ou 0,02. Se o saldo estiver entre US$ 10.000 e US$ 100.000, a taxa de juros é de 3% ou 0,03. Se o saldo for superior a US$ 100.000, a taxa de juros é de 4% ou 0,04.

Considerando o Principal, usamos IF() para decidir a taxa de juros adequada.

  1. No Gerenciador de objetos, clique em Conta | Campos e relacionamentos e clique em Novo.
  2. Selecione Fórmula e clique em Avançar.
  3. Em Rótulo do campo, insira Taxa de juros. O nome do campo é preenchido automaticamente.
  4. Selecione Porcentagem e deixe a casas decimais como o padrão 2.
  5. Clique em Avançar.
  6. Insira a seguinte fórmula:
    IF(Principal__c < 10000, 0.02,
      IF(Principal__c >= 10000 &&
        Principal__c < 100000, 0.03, 0.04))
    Nota Nossa declaração if tem uma lacuna: embora os valores de moeda possam ser negativos, estamos supondo que o Principal__c é positivo. Se não for, essa conta está em apuros!

Agora temos um valor principal e uma taxa de juros, tudo o que é necessário para calcular os juros acumulados em uma conta.

Calcular juros acumulados em uma conta

Vamos criar uma fórmula que calcula os juros de uma conta usando o Principal e o número de anos desde que a conta foi aberta. Por sorte, já existe uma fórmula matemática para calcular os juros de uma conta ao longo do tempo: A = Pe^(rt), que usa as seguintes variáveis.

Variável Valor
P O montante principal de dinheiro na conta
e A constante matemática 2,71828182845904
r A taxa de juros anual da conta
t O número de anos desde que a conta foi aberta

Agora podemos adaptar a fórmula aos nossos campos.

  1. No Gerenciador de objetos, clique em Conta | Campos e relacionamentos e clique em Novo.
  2. Selecione Fórmula e clique em Avançar.
  3. Em Rótulo do campo, insira Juros acumulados. O nome do campo é preenchido automaticamente.
  4. Insira o campo Principal no editor de fórmula. Queremos multiplicar o Principal por e elevado à potência da taxa de juros, multiplicado pelo número de anos desde que a conta foi aberta. Podemos fazer isso com a função EXP().
  5. Insira o operador de * multiplicação.
  6. Selecione a guia Fórmula avançada e insira a função EXP. EXP(number) retorna e elevado à potência de number.
  7. Em vez de number, crie a fórmula para calcular a taxa de juros: primeiro, coloque o campo que criamos antes, Interest_Rate__c, entre os parênteses.
  8. Selecione a guia Fórmula simples e insira o operador de * multiplicação depois do campo Interest_Rate__c.
  9. Selecione a guia Fórmula avançada e insira a função YEAR depois do operador de * multiplicação.
  10. No lugar de date na função YEAR, insira a função TODAY.
  11. Selecione a guia Fórmula simples e insira o operador de - subtração depois do segundo parêntese de fechamento no final da fórmula (o parêntese de fechamento da função YEAR).
  12. Selecione a guia Fórmula avançada e insira a função VALUE depois do operador de - subtração.
  13. No lugar de number na função VALUE, insira o campo YearStarted.
Isso nos dá nossa função final.
Principal__c * EXP(Interest_Rate__c * (YEAR(TODAY()) - VALUE(YearStarted)))

Depois de inserir a função no editor de fórmula, você pode clicar em Avançar. Na página Segurança do campo, clique em Avançar e em Salvar para finalizar sua fórmula.

Parabéns, você conseguiu escrever uma fórmula para calcular os juros acumulados continuamente compostos em uma conta! Você pode vê-la em ação na página de qualquer conta.

Exemplos de fórmula de número

  1. Dados o percentual de margem, o número de itens vendidos e o preço por item, esta fórmula calcula a margem de lucro bruta.
    Margin_percent__c * Items_Sold__c * Price_Item__c
  2. Esta fórmula de moeda calcula uma comissão, assumindo a comissão máxima de US$ 500. Dada a existência do campo percentual personalizado Comissão e do campo de moeda personalizado Venda, essa fórmula retorna o menor valor entre US$ 500 e o percentual da comissão multiplicado pelo valor de venda.
    MIN(500, Sale__c * Commission__c)
  3. As fórmulas de número são úteis para fazer conversões de unidade básicas. Esta fórmula converte temperaturas Celsius em Fahrenheit.
    1.8 * Degrees_Celsius__c + 32
    E esta converte milhas em quilômetros.
    Miles__c / 0.6213711921

Erros comuns com fórmulas de número

  • Divisão por zero.As regras da matemática com as quais você está acostumado se aplicam ao escrever fórmulas baseadas em números. Se a sua fórmula dividir por 0, você receberá um erro mais tarde. Quando você está dividindo dois números, certifique-se de que o denominador nunca seja zero. É especialmente importante pensar na divisão por zero quando você está dividindo por outro campo cujo valor pode mudar. Se você ainda quiser dividir por um número que pode ser zero, use uma declaração IF() para garantir que você não encontre um erro. Por exemplo, essa fórmula calcula a receita por funcionário em uma conta dividindo a Receita anual pelo Número de funcionários. Se houver zero funcionário, a fórmula retornará 0, em vez de executar um erro.
    IF(NumberOfEmployees <> 0, AnnualRevenue / NumberOfEmployees, 0)
  • Verificar campos nulos. Pode ser tentador verificar se um campo está vazio usando os operadores = (igual) ou != (desigual) para conferir se ele é igual a null. Mas a melhor prática é usar a função interna ISBLANK(). ISBLANK() assume qualquer campo como argumento, retornando true se ele estiver em branco e false se não estiver. Ao criar uma fórmula, você escolhe tratar campos em branco como zeros ou nulos. Por padrão, a opção Tratar campos em branco como tendo valor zero está selecionada. Você só pode usar ISBLANK() para verificar se um campo está em branco se você selecionou Tratar como campos em branco.
Continue a aprender de graça!
Inscreva-se em uma conta para continuar.
O que você ganha com isso?
  • Receba recomendações personalizadas para suas metas de carreira
  • Pratique suas habilidades com desafios práticos e testes
  • Monitore e compartilhe seu progresso com os empregadores
  • Conecte-se a orientação e oportunidades de carreira